Connect with us

Rodízio Sanepar Curitiba | Está sem água?

Uncategorized

Rodízio Sanepar Curitiba | Está sem água?

A falta de água é um problema recorrente em diversas cidades do Brasil, e em Curitiba não é diferente. A Sanepar, empresa responsável pelo fornecimento de água na cidade, realiza rodízios no abastecimento de água em algumas regiões para tentar contornar a situação. Essa medida pode ser um inconveniente para a população, mas é necessária para garantir que todos tenham acesso à água.

Para quem está enfrentando a falta de água em sua região, é importante estar ciente de como proceder nessa situação. Em primeiro lugar, é preciso verificar se a interrupção no fornecimento de água é uma situação emergencial ou programada pela Sanepar. Para isso, é possível consultar as listas de paradas no abastecimento disponíveis no site da empresa.

Caso não haja uma interrupção programada, é importante verificar se o pagamento da conta de água está em dia, pois a falta de pagamento pode levar a suspensão do serviço. Se tudo estiver em ordem, é possível que a falta de água seja causada por problemas técnicos ou uma alta demanda na região, o que pode ser solucionado com o tempo. É importante lembrar que, caso o fornecimento de água seja um serviço essencial para a sua região e esteja sendo prejudicado, é possível acionar o Código de Defesa do Consumidor para garantir seus direitos.

Por que ocorrem os rodízios de abastecimento?

O rodízio de abastecimento de água é um método que consiste na interrupção alternada do fornecimento de água em diferentes regiões da cidade. Esse procedimento é adotado em situações emergenciais, como seca, estiagem, volume hídrico abaixo das expectativas, atraso na conclusão de obras, vazamentos de água e outros.

Em regiões metropolitanas como Curitiba, a Sanepar divulga tabelas de rodízio de abastecimento de água para que a população possa se programar para a interrupção do fornecimento de água.

A medida de rodízio de abastecimento é adotada para que o recurso hídrico possa ser utilizado de maneira adequada e justa, buscando evitar o esgotamento dos reservatórios. Além disso, essa é uma maneira de estimular a população a economizar água e adotar medidas inteligentes para poupar o recurso hídrico. A prática de economia de água pode ser realizada em atividades cotidianas, como a utilização de torneiras com sistema de fechamento automático, instalação de redutores de vazão, coleta da água da chuva, entre outras medidas.

Os rodízios de abastecimento de água também são uma prática adotada na agricultura, como o rodízio de culturas. Esse método consiste na plantação alternada de diferentes espécies em uma mesma área, com o objetivo de garantir a diversidade das plantações e o enriquecimento do solo. Um exemplo dessa prática é a plantação alternada de cereais e leguminosas, que enriquecem o solo ao transformar o nitrogênio gasoso da atmosfera em nitritos.

O que fazer nesses casos?

O rodízio no fornecimento de água em Curitiba e região metropolitana, causado pela forte estiagem, tem sido uma preocupação para a população. Diante dessa situação, é importante seguir algumas dicas para lidar com o racionamento e minimizar os impactos em seu dia a dia.

Em primeiro lugar, é fundamental armazenar água em recipientes limpos e seguros, para que possa utilizar nas atividades diárias, como higiene pessoal e limpeza da casa. Além disso, é recomendável utilizar a água de forma consciente e econômica, evitando desperdícios e reduzindo o consumo. Dessa forma, a reserva de água armazenada poderá durar mais tempo, evitando transtornos.

 

Outra dica importante é planejar o uso da água. É recomendável priorizar as atividades que demandam mais água, como lavagem de roupa, limpeza de louças e banho, nos dias em que a água estiver disponível. Dessa forma, você poderá realizar as atividades mais importantes sem se preocupar com a falta de água, deixando as demais para os dias em que a água estiver em falta.

Por fim, é importante ficar atento às informações divulgadas pela Sanepar, que é a responsável pelo abastecimento de água na região. A empresa disponibiliza tabelas de rodízio que indicam os dias em que haverá interrupção do fornecimento em cada bairro. Assim, é possível se programar e se antecipar para minimizar os transtornos causados pela falta de água.

Em resumo, diante do rodízio no fornecimento de água em Curitiba e região metropolitana, é importante armazenar água, utilizar de forma consciente e planejar o uso da água para as atividades diárias. Além disso, é fundamental acompanhar as informações divulgadas pela Sanepar, para se programar e minimizar os impactos causados pela falta de água.

 

Como saber se o meu bairro está sem água

Para saber se o abastecimento de água no seu bairro ou região de Curitiba está paralisado, existem diversas opções de consulta. Uma delas é por meio do site da COHAPAR, em que a consulta é feita por endereço, sendo necessário preencher o nome da rua e o número da residência. O sistema informa o horário de início e a previsão de normalização caso a localidade esteja em rodízio de abastecimento. Essa opção está disponível para consulta de qualquer cidadão .

 

Outra opção é através do site ou do aplicativo da Sanepar, em que é possível verificar as interrupções programadas ou emergenciais que possam estar afetando o abastecimento de água em determinada localidade.

Caso não haja nenhuma interrupção registrada e ainda assim o abastecimento esteja interrompido, é possível entrar em contato com o suporte ao usuário da Sanepar pelo telefone 3350-3890 ou pelo formulário de Fale Conosco disponível no site da empresa.

Por fim, o site da Prefeitura de Curitiba também disponibiliza informações sobre o abastecimento de água na cidade. É possível entrar em contato com o suporte ao usuário pelo telefone 3350-3890 ou pelo e-mail [email protected] para tirar dúvidas.

Além disso, a prefeitura também oferece um serviço de assistência social, chamado Armazém da Família, que visa atender a população em vulnerabilidade social, oferecendo diversos produtos e serviços.

Dicas para economizar água em Curitiba

A água é um recurso finito e essencial para a sobrevivência de todos os seres vivos. Infelizmente, o uso irresponsável tem levado à escassez em diversas regiões do mundo. Por isso, é importante adotar hábitos de economia de água em nosso dia a dia. A seguir, confira 5 dicas para contribuir com esse objetivo.

 

  • Verifique e conserte vazamentos: torneiras, chuveiros e vasos sanitários com vazamentos podem desperdiçar grandes quantidades de água. Certifique-se de que tudo esteja funcionando corretamente e faça os reparos necessários .

 

  • Reutilize a água sempre que possível: a água utilizada na lavagem de roupas, por exemplo, pode ser reaproveitada para a limpeza de pisos e banheiros. Além disso, a água da chuva pode ser captada e usada para regar plantas ou lavar carros.

 

  • Cronometre o tempo do banho: um banho de 15 minutos pode gastar até 135 litros de água. Portanto, opte por banhos mais curtos, de no máximo 5 minutos. Essa mudança de hábito pode fazer uma grande diferença na conta de água.

 

  • Lava louças de forma consciente: ao lavar louças, evite deixar a torneira aberta durante todo o processo. Encha uma bacia com água e use-a para ensaboar a louça, deixando a torneira aberta somente na hora de enxaguá-las. Isso pode economizar até 8 litros de água por minuto.

 

  • Evite o desperdício de alimentos: o processo produtivo de alimentos também consome grandes quantidades de água. Portanto, evite o desperdício de comida e planeje melhor suas compras, comprando apenas o necessário. Dessa forma, você contribui para a economia de água e para a redução do desperdício de alimentos .

 

Ao adotar essas práticas, você pode contribuir para a preservação desse recurso tão importante e garantir um futuro mais sustentável para todos. Além disso, a economia de água pode refletir positivamente em sua conta de água no final do mês.

O que fazer quando houver rodízio

Durante o rodízio de abastecimento de água realizado pela Sanepar em Curitiba, é importante que os moradores fiquem atentos para evitar transtornos e garantir que possam utilizar a água de forma consciente. De acordo com a Sanepar, o rodízio é feito em ciclos de 36 horas, ou seja, a cada dia e meio, o abastecimento é interrompido em uma região específica da cidade, com o objetivo de equilibrar a distribuição de água e evitar o desabastecimento em áreas mais críticas.

Para se orientar durante o rodízio, é possível consultar o cronograma de abastecimento da Sanepar, disponível em seu site oficial. Dessa forma, os moradores podem saber quando será interrompido o abastecimento em sua região e se preparar para a falta de água, armazenando água em recipientes limpos e fechados. Além disso, é importante evitar o desperdício de água durante o período de abastecimento normal, utilizando-a de forma consciente e evitando atividades que exijam muito uso de água, como lavagem de carros e calçadas.

Vale ressaltar que, em situações de emergência ou necessidade especial, a Sanepar disponibiliza caminhões-pipa para abastecer as áreas afetadas pelo rodízio. Para solicitar o serviço, os moradores podem entrar em contato com a Sanepar pelo telefone 0800 200 0115. Além disso, é importante que os moradores fiquem atentos às orientações da Sanepar e sigam as recomendações de uso consciente da água, para que possamos enfrentar juntos a crise hídrica que afeta não só Curitiba, mas todo o país.

 

 

Continue Reading
You may also like...
Faça seu comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Uncategorized

To Top